menu

SUNSHINE COAST

Em nosso quinto dia em Vancouver o destino foi conhecer Sunshine Coast.

Saímos de carro e passamos por Ambleside e em seguida pegamos o ferry boat para Sunshine Coast (Gibsons, Sechelt e Sargent Bay Provincial Park). Na volta, logo depois de atravessarmos de ferry, passamos em Horseshoe Bay - Mapa do percurso deste dia.

Ambleside - John Lawson Park

  • É uma praia de areia grossa, com muitas pedras e água gelada. Para nós brasileiros, que temos praias de areia fininha e água mais quente, esta é apenas para apreciar o visual e seguir viagem.
  • Há vários troncos de árvores que servem de bancos e encosto para os visitantes.
  • A vista da praia dá para o Stanley Park e fica bem abaixo da ponte Lions Gate (conecta Vancouver a North e a West Vancouver). 
  • Tem playground para a criançada.
  • Tem banheiros públicos.

 
Lions Gate e Stanley Park
 
Praia
 
Banheiros
 
Playground

  • É um ótimo lugar pra fazer um piquenique. 
  • Se o dia estiver aberto, apreciar o por do sol dali parece ser uma boa opção - como passamos ali pela manhã, isso não foi possível.
  • Logo que chegamos, vimos alguns grupos de pessoas praticando tai chi chuan.
  • É um local que está um pouco fora dos roteiros turísticos, mas, se for passar por West Vancouver, vale a pena passar rapidamente por lá.





  • Para quem não está acostumado, o ferry é mais que um meio de transporte, é um atrativo à parte. Muito confortável, com lanchonete, restaurante, loja, banheiros, poltronas confortáveis, além do belo visual de Howe Sound, em uma viagem de apenas 40 minutos.
  • Você pode entrar de carro ou a pé, se for o caso. 
  • A passagem não é barata: paga-se pelo carro (em torno de C$ 60) e por passageiro (em torno de C$ 16). Diferentemente do ferry que vai para Victoria (farei uma postagem específica de lá), o ticket dá direito a ida e volta.
  • Pegamos o ferry em Horseshoe Bay (na volta paramos neste local muito agradável) até Langdale - consulte horários.
 
Fila para comprar ticket e embarcar
 
Ferry
 
Convés do ferry
 
Carros dentro do ferry
 
Lanchonete
 
Poltronas confortáveis

 
Visual durante o percurso
 
Visual durante o percurso


O ferry atraca no local chamado Langdale. Perto de lá fizemos a nossa primeira parada, em Gibsons, depois fomos parando nas praias até Sechelt, Continuamos parando em várias praias e em seguida fomos até o Sargeant Bay Provincial Park, seguimos até mais uns 10 km adiante e retornamos a Langdale para pegar o ferry de volta.

  • Pequena cidade simpática e agradável, com flores por todo canto, com menos de 5.000 habitantes.
  • Saindo do ferry siga para Gibsons (6 km - mapa) e desça até encontrar o mar.
  • Tem estacionamento público.
  • Primeiro passamos pelas lojinhas. A que mais me chamou a atenção foi uma de azeites da região e uma que tem um estacionamento para os maridos aguardarem as esposas - muito criativo (mesa com cadeira).
  • Seguimos ao longo do calçadão e chegamos ao cais. Caminhamos até o final do cais onde tem um gazebo para apreciar a vista. Aproveitamos e comemos o lanche que havíamos levado, mas uma boa pedida seria almoçar no famoso restaurante Reach da Molly, local da série de TV Beachcombers, que fica no início do cais. 
  • É interessante e bonito apreciar os barcos, alguns são casas flutuantes com lindos jardins.
  • Com certeza Gibsons tem muitos outros atrativos, mas queríamos continuar passeando pela costa.
Estacionamento público gratuito

Estacionamento para maridos

Loja especializada em azeites, acetos e outros

Loja especializada em azeites, acetos e outros

Cidade muito florida

Esquina do cais

Pequena pracinha na esquina do cais

Rua que margeia a costa

Famoso Restaurante Molly's Reach

Marina

Marina

Casas flutuantes com jardins

Gazebo no final do cais

Visual do Gazebo
  • Seguimos em direção a Sechelt parando nas praias do caminho.
 
Banheiro público

 








Sechelt

  • É uma das duas maiores cidades localizadas na Sunshine Coast inferior, com 9.500 habitantes (a outra é Gibsons). Tem localização central, a meio caminho entre o cais do ferry em Langdale e o desembarque de Earl (que se conecta ao Powell River). É uma excelente base para explorar tudo o que a Sunshine Coast inferior tem a oferecer - mapa. No nosso caso, apenas passamos por lá para curtir rapidamente o visual.
  • Nós não fomos ao centro que, pelo que pesquisei, tem seus atrativos. Fomos direto para a orla, que é muito bonita por sinal. 




 













Continuamos parando em várias outras praias. Passamos na porta do parque Sargeant Bay, mas continuamos nossa exploração por outras praias, uma delas tinha um pequeno local para estacionar o carro e uma trilha curta para chegar à praia. Deste ponto retornamos e, então, entramos no parque Sargeant Bay.
























Sargeant Bay Provincial Park

  • Mais um local para contemplar a natureza, fazer trilhas ou um piquenique.













Saímos do parque e fomos direto para Langdale pegar o ferry. Demos sorte, pois em 5 minutos estava saindo um. Depois da travessia resolvemos jantar em Horseshoe Bay, que é o porto do ferry.


Horseshoe Bay
  • Localizada no extremo oeste de West Vancouver.
  • Terminal do ferry para as ilhas e outras cidades afastadas da região (Bowen island, Sunshine Coast e Nanaimo). 
  • Tem uma marina e um pier, de onde dá pra tirar fotos bem bacanas. 
  • A rua principal tem lojas de artesanato local e restaurantes. O Trolls é um restaurante badalado de Horseshoe Bay, com preços bem acessíveis. Vale a pena provar o famoso fish and chips (filé de peixe empanado com batata frita), que foi a nossa pedida.














  • Estava programado para conhecer, mas não deu tempo (vai ficar pra próxima).
  • Esse parque fica bem perto de Horseshoe Bay, numa estradinha de mão dupla que beira a montanha junto ao mar.
  • No parque tem lugar pra fazer piquenique, playground e uma vista deslumbrante do mar. 
  • Tem uma mini-ilha acoplada à costa por um caminho de pedras, que fica submerso pela água quando a maré sobe. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário