menu

TORRE DE TV

Localização: Eixo Monumental - próximo da Rodoviária - mapa.
Distância: 1,5 km
Horário: consultar o site da Secretaria de Turismo.
Tempo Gasto: 1 hora para curtir a fonte e o mirante da Torre (dependendo do dia e da hora pode haver fila e demorar mais - minha sugestão é chegar alguns minutos antes das 9 horas (exceto segunda, que não funciona) e talvez mais 1 hora na feira de artesanato.
História: um dos monumentos mais visitados da cidade, construído pelo urbanista Lúcio Costa, que buscou inspiração na famosa Torre Eiffel. A torre tem 230 metros e conta com um mirante nos seus 75 metros - acessado por dois elevadores (gratuito). É a quarta maior estrutura do Brasil e uma das 10 maiores do mundo. Além da torre você pode conhecer a Fonte Luminosa, uma das maiores da América Latina - consulte no site oficial os horários em que a fonte funciona. Vale a pena também fazer um lanche e comprar artesanatos na Feira da Torre - ao lado.Veja mais curiosidades da Torre e seu complexo, na Wikepedia
Atrativo: mirante, fonte luminosa, letreiro Eu Amo Brasília (para fotos), mezanino e feira de artesanato. Observação: no mezanino funcionava um restaurante e um Museu de Gemas, mas ainda está em obras e, portanto, fechado ao público. Não consegui mais informações.
Comentário: é um local imperdível com uma vista 360° da cidade. A visita é gratuita. Na minha opinião, a Torre de TV deve ser o primeiro local a ser visitado, porque lá do mirante você consegue ver grande parte da cidade e compreender melhor seu desenho. Muitos dos atrativos da cidade vistos do alto, você, provavelmente, visitará depois (Esplanada dos Ministérios, Estádio Nacional, Centro de Convenções, Clube do Choro, Planetário, Parque da Cidade, Catederal, outros).
Site Oficial da SETURclique aqui

Clique na foto (apenas um clique) para ampliar e use a seta (no teclado) para passar as fotos. Para voltar a esta página clique no X ou na tecla ESC.



Mirante - Vista do Estádio, Ginásio e Feira de Artesanato


Mirante -  Vista da Feira de Artesanato e Centro de Convenções


Mirante - Vista do Cine Drive-in, Autódromo e Estacionamento do Estádio


Mirante - Vista da Fonte Luminosa, Setor Hoteleiro Norte e Sul, Esplanada dos Ministérios e Congresso Nacional


Mirante - Vista do Futuro Jardim Burle Marx, Museu da República, Biblioteca Nacional, Catedral, Ministérios e Congresso Nacional


Mirante - Vista do Lago Paranoá e Setor Hoteleiro Norte


Mirante - Vista da Rodoviária, Centro Comercial Conic, Museu da República, Biblioteca Nacional e Catedral
Mirante - Vista Lago Paranoá e Setor Hoteleiro Sul


Mirante - Vista da Fonte Luminosa

Mirante - Vista do Parque da Cidade


Mirante - Vista do Centro de Convenções e Buriti

Fonte Luminosa e Letreiro


  Escultura de Alexandre Wakenwith, em bronze,
com 15 metros de altura. Conhecida como berimbau


Torre de TV


Feira de Artesanato da Torre de TV


Praça da Alimentação da Torre de TV


ESTÁDIO NACIONAL

Localização: Eixo Monumental - ao lado do Centro de Convenções - mapa.
Distância: 2,9 km
Horário: consultar o site do Estádio.
Tempo Gasto: 1 hora.
História: Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, também conhecido como Estádio Nacional Mané Garrincha, Estádio Nacional, Arena Mané Garrincha ou simplesmente Mané Garrincha. Inaugurado inicialmente em 1974 com capacidade para 45.000 pessoas e reconstruído entre os anos de 2010-2013, para receber os jogos da Copa do Mundo de Futebol em 2014, como arena multiuso, com capacidade para 72.788 pessoas, tornando-se o segundo maior estádio do Brasil. Veja mais curiosidades do estádio na Wikepedia
Atrativo: conhecer a estrutura do estádio - campo, vestiários, gramado e cadeiras.
Comentário: é um local imperdível e a visita é gratuita. O ideal seria fazer a visita ao estádio e também ter a oportunidade de assistir a um jogo de futebol ou a um show. Eu já tive oportunidade de fazer as duas coisas. Em duas ocasiões, visitei o estádio. Na primeira vez, juntei-me a um grupo e participei de uma visita guiada ao estádio, quando conhecemos além do campo e da área destinada às torcidas (cadeiras), os vestiários dos jogadores, os camarotes e os salões internos, onde são realizadas festas diversas, até casamento.  Na segunda vez, levando amigos para conhecer a cidade, todo empolgado, fui informado ao chegar ao estádio de que a visita agora estava restrita às cadeiras e ao campo. Uma decepção! Um retrocesso mesmo! Então, fiz o que achava que devia como cidadão e turista: enviei um e-mail à Secretaria responsável pela visitação, fazendo minhas críticas. Outro problema é o horário de visitação (sábado de 9 até 11h30, muito pouco) - confira no site do estádio o horário, pois já mudou uma vez e pode mudar de novo. A entrada para o local da visitação fica na pista do Eixo Monumental um pouco depois de passar o Centro de Convenções - entrada à direita.
Site Oficial do Estádio: clique aqui

Clique na foto (apenas um clique) para ampliar e use a seta (no teclado) para passar as fotos. 
Para voltar a esta página clique no X ou na tecla ESC.


 
Estádio visto da Torre de TV
 
Estádio visto da Torre de TV
 
Estacionamento próximo a entrada da visitação

Área interna


Área interna


Área interna


Anel externo


Área interna


Acesso as cadeiras


Cadeiras inferiores e superiores


cadeiras inferiores


Salões internos (não é possível visitar mais)


Cadeiras inferiores e superiores


Cadeiras inferiores e superiores

 
Cadeiras inferiores e superiores
 
Banco de reservas
 
Manutenção do gramado
 
Manutenção do gramado




OLIVER

Tipo: contemporâneo, rústico e sofisticado com cozinha variada

Link: clique aqui

Endereço: SCES Trecho 2, lote 2 - Clube de Golfe de Brasília (em frente ao CCBB) -  Brasília - telefone: (61) 3323-5961

Avaliação:

Ambiente: com mesas na área interna (ar condicionado) e nas duas varandas laterais cobertas. Decoração rústica de bom gosto; banheiros pequenos e limpos. O ambiente é sofisticado e bem agradável.  O restaurante está dentro do Clube de Golfe, com uma grande área verde, o que propicia um ambiente agradável e sossegado. As mesas poderiam ser um pouco mais bem postas, com ressalva para os talheres - servem peixe com faca de carne. Um bom lugar para ocasiões especiais. NOTA: 9

Comida: Os pratos principais são os frutos do mar e carnes vermelhas. Serviço a la cart com pratos bem elaborados. Apenas dois pratos do cardápio servem duas pessoas, os demais são individuais - uma opção também é a meia porção, para quem desejar uma sequência gastronômica. Todos os anos é lançado um novo prato, o que rende até um brinde (prato pintado) para divulgar a novidade. Clique aqui para visualizar o cardápio. A última vez que estive no restaurante comi um robalo com salada fria de quinoa e tomates italianos - muito bom. NOTA: 9

Atendimento: o atendimento é bom, no entanto, poderia ser melhor. Ficamos numa mesa na varanda, os garçons pouco apareciam por lá. O serviço não é tão rápido, mas de forma alguma incomoda, pois dá tempo suficiente para conversar um pouco. NOTA: 8

Preço: o preço é compatível com o que é oferecido, mas não é um restaurante barato. Como referência, em novembro de 2015, para o prato que comi - robalo andino, o preço foi de R$64,00 - a porção é pequena, mas suficiente, principalmente se você pedir uma entrada ou sobremesa. NOTA 7

Outras informações: É sempre bom fazer reserva. Um ponto importantíssimo em Brasília é estacionamento, neste restaurante isto não é problema. Além de contar com um estacionamento tranquilo, tem manobrista, pago - não achei necessário, a não ser que estivesse chovendo. 

Clique na foto (apenas um clique) para ampliar e use a seta (no teclado) para passar as fotos. Para voltar a esta página clique no X ou na tecla ESC.

























BARES

Brasilia concentra um grande número de bares de todos os tipos.

Pretendo relacionar bares tradicionais e outros mais novos.

Apesar de serem muitos, vou relacionar apenas 10, os que costumo frequentar e outros indicados pelo meu filho, isto não quer dizer que sejam melhores ou piores do que os outros.

Vou fazer uma avaliação de cada bar seguindo o mesmo critério que usei para os restaurantes, onde serão considerados: preço, atendimento, ambiente (decoração, visual, banheiros, limpeza, mesa) e, por fim, o principal, bebidas e tira-gostos.

Suas sugestões também serão bem-vindas. Envie para brasilianatrilha@gmail.com.

* Clique na legenda da foto para mais detalhes de cada atração.



















A lista inicial é a seguinte:
  • Libanus
  • Bar Brasília
  • Bar do Mercado
  • Empório Santo Antônio
  • Mormaii Surf Bar - Pontão
  • Dudu


PARADISO

Tipo: bar temático

Link: clique aqui

Endereço: CLS 306 - (61) 3526-8072

Avaliação:

Ambiente: tem 3 ambientes distintos. O piso superior tem um espaço denominado Don Corleone que pode ser reservado para grupos maiores (comporta 38 pessoas); o piso inferior tem a área interna, com poucas mesas e um pequeno balcão, e a área externa, com várias mesas (coberta). Decoração despojada, inspirada nos clássicos do cinema; banheiros pequenos e limpos. O ambiente é tranquilo e frequentado por pessoas de diversas idades, mas com predomínio dos mais jovens. NOTA: 8

Bebida e Comida: o destaque do bar são os drinks, todos com nomes de filmes e personagens, assim como as muitas opções de petiscos e sanduíches do cardápio. NOTA: 8

Atendimento: o atendimento é muito bom, com um número razoável de garçons. O serviço é relativamente rápido e seus pedidos são atendidos com assertividade. NOTA 8

Preço: o preço é compatível com o que é oferecido. Como referência, o preço, em novembro de 2015, para um espetinho de filé com farofa de ovos e vinagrete foi de R$ 21,00 e a cerveja Estrella Galícia (espanhola) por R$ 11,00 a garrafa de 600 ml. NOTA 8

Outras informações: o bar também tem opções de almoço.


 
Fachada do Bar Paradiso
 
Área externa
 
Área Externa
 
Escada de acesso ao espaço Don Corleone
 
Ótima cerveja Espanhola