menu

CONJUNTO ARQUITETÔNICO DO QUARTEL GENERAL DO EXÉRCITO

O Quartel General do Exército - QGEx, situado no Setor Militar Urbano - SMU - Mapa, é o edifício sede do Comando do Exército Brasileiro. Nele estão instalados diversos órgãos administrativos e operacionais da instituição distribuídos em 9 edifícios.

Clique na foto (apenas um clique) para ampliar e use a seta (no teclado) para passar as fotos. Para voltar a esta página clique no X ou na tecla ESC.

QG do Exército - Setor Militar Urbano
Esta maravilha, lamentavelmente, fica fora dos roteiros turísticos mais famosos do Eixo Monumental, que estão na Esplanada dos Ministérios (Catedral, Congresso Nacional, Palácios do Itamaraty e Planalto, Supremo Tribunal Federal, Praça dos Três Poderes entre outros). Em apenas duas horas é possível conhecer tudo, mas é necessário ter carro para aproveitar melhor. O conjunto está localizado do lado oeste do Eixo Monumental, a menos de 10 km da Praça dos Três Poderes (leste).

O conjunto arquitetônico abrange 113 mil m² de área construída, sob a forma trapezoidal, e possui quase 6 km de corredores. O projeto é de autoria do arquiteto Oscar Niemeyer. Sua construção foi iniciada em 1969, concluída em 1973 e tombada pelo Patrimônio do Distrito Federal em 2011. A obra dos edifícios foi realizada segundo o sistema de pré-fabricação em concreto, desenvolvido pelo Arquiteto João Filgueiras Lima. No último andar do edifício principal é possível observar as paredes com azulejos de Athos Bulcão.

Quartel General do Exército
Os destaques do QGEx são: Teatro Pedro Calmon, Palanque Monumental (Concha Acústica e Obelisco), Salão Guararapes, Praça Cívica, Oratório do Soldado (já publicado no blog) e Catedral Militar Rainha da Paz (já publicado no blog), Ministério da Defesa e a Avenida do Exército.

O Teatro Pedro Calmon tem capacidade para acomodar 1.164 pessoas confortavelmente. Seu formato estiliza uma barraca de acampamento. No saguão do teatro encontra-se uma pequena exposição permanente de peças históricas do Exército Brasileiro e imagens alusivas à Força Terrestre. 
 
Vista frontal
 
Vista  frontal

 
Vista lateral e dos fundos
 
Pequena Exposição
 
Interior
 
Interior

O Palanque Monumental, inaugurado em 1973, está situado em frente ao edifício principal do QG, na Praça Duque de Caxias, e contempla a Concha Acústica e o Obelisco, que remete a espada de Luis Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, Patrono do Exército Brasileiro. Na Concha Acústica é possível observar o efeito do eco. 

 
Concha Acústica vista do Edifício Principal
 
Visão Lateral da Concha Acústica
 
Visão lateral da Concha Acústica
 
Detalhe da Concha Acústica

Concha Acústica vista da Praça dos Cristais


Praça Duque de Caxias - Concha e Obelisco

O Salão Guararapes está localizado no Edifício principal do QG, atrás da Concha Acústica. Foi inaugurado em 1997 e abriga várias obras de arte, dentre as quais uma sequência de quadros de autoria do Coronel Pedro Paulo Cantalice Estigarríbia, artista plástico e pesquisador militar de renome, emprestou sua arte para evocar epopeias da Força Terrestre, desde as suas origens - um militar no salão nos contou que dizem que o Coronel Pedro se retratou em seus quadros, o que leva os visitantes a tentarem adivinhar quem é ele nas telas. No Salão tem, ainda, um tapete 72 m² em lã colorida, confeccionado pela equipe da artesã Maria José de Lemos, da cidade de Lagoa do Carro-PE, que reproduz a tela "Batalha dos Guararapes" do Pintor Victor Meirelles. Destaca-se ainda as Bandeiras históricas do Brasil, medalhas, espadas, brasões militares e história da construção do Conjunto Arquitetônico.
 
Tapete retratando a Batalha dos Guararapes
 
Duque de Caxias e Brasões
 
Uma das pinturas do Coronel Pedro Paulo
 
Bandeiras do Brasil

A Praça Cívica, conhecida como Praça dos Cristais, é um local muito agradável, onde normalmente encontramos fotógrafos profissionais e estudantes de fotografia, retratando noivas, crianças, casais, grávidas ou simplesmente a praça. Apesar de pouco frequentada, a praça não dá a sensação de insegurança, afinal, é uma área militar.  O projeto da Praça é de Burle Marx e representa as riquezas minerais do Planalto Central. Em 2009 foi restaurada pela Prefeitura Militar de Brasília.







O Oratório do Soldado (templo Ecumênico) e a Catedral Militar Rainha da Paz já foram publicadano blog em Templos e Igrejas - Brasília é 10, e também fazem parte deste Conjunto Arquitetônico do Exército.
Oratório do Soldado
Catedral Militar Rainha da Paz
Destacam-se ainda, o Ministério da Defesa, construído em 2013 com as mesmas características arquitetônicas dos Ministérios da Esplanada dos Ministérios, embora mais baixo, e a longa Avenida do Exército. Na minha opinião, de tão larga, seria capaz de descer nela um avião de grande porte.
 
Avendia do Exército
 
Ministério da Defesa

No Google Maps é possível visualizar todo Conjunto Arquitetônico. Vale muito a pena conhecer, mesmo que você decida não entrar no Salão Guararapes e no Teatro Pedro Calmon (abertos aos sábados, domingos e feriados de 10 às 16 horas - nos dias de semana é melhor consultar o QG).


2 comentários:

  1. Não é o ministério, este prédio fica o comando militar do planalto, separado do comando geral

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog! Muito informativo!

    ResponderExcluir