menu

12º DIA - PISA E LUCCA

Pegamos o trem para Pisa (Estação Centrale) logo cedo. Não é do mesmo tipo do que viemos de Roma, mas é muito bom e rápido (não tanto quanto o de Roma para Florença) e tem dois andares. Compramos o bilhete no dia anterior, mas pode ser comprado na hora nos terminais de autoatendimento (Trenitalia). As poltronas não são marcadas e o bilhete é válido para o dia, qualquer horário que você quiser. Importante é autenticar o bilhete nas máquinas espalhadas na estação antes de entrar. Se não fizer isso, a multa pode ser pesada. A viagem demora em torno de 1h20 e custa menos de 10 €. Da estação, pegamos um ônibus até a Piazza del Miracoli. A passagem pode ser comprada na banca de revistas que tem dentro da estação.
Depois de Pisa, pegamos um trem para Lucca, que leva 20 minutoas e custa 3 €. É um trem mais simples. Poderíamos pegar na mesma estação em que chegamos, mas optamos por pegar na estação San Rossore, no centro da cidade.
Por fim, na volta, pegamos um trem em Lucca direto para Florença, que levou 1h20 e é do mesmo nível do de Florença para Pisa.
Estações de Trem
Clique na foto para ampliar e use a seta (no teclado) para passar as fotos. 

Para voltar a esta página clique no X ou na tecla ESC.

Roteiro Pisa:
  • Chegamos em Pisa na estação Centrale, pegamos um ônibus rapidamente e em 10 minutos estávamos chegando pelo portal da  Piazza del Miracoli.

Maquete da Piazza del Miracoli


Estação Centrale - Pisa
  • Compramos um ticket que dava direito a visitar o Batistério, o museu, o Camposanto e a Duomo (os 4 monumentos por 8€). Na realidade, a Duomo não é paga, mas é necessário pegar um ticket.
Prédio onde são vendidos os ingressos
  • O dia estava muito bonito e iniciamos nosso tour tirando algumas dezenas de fotos da fantástica Torre de Pisa. Decidimos não subir, pois entendemos que o preço cobrado era exorbitante, 18 € por pessoa para subir as escadas até o topo, com vista para a praça somente (éramos 4 pessoas, seriam 72 € - mais caro que o Vaticano!). Era uma oportunidade, sim, mas nos sentimos explorados e desistimos. Foi o único monumento de toda a viagem que não entramos.






 
Estátua ao lado da Torre
  • Fomos ao museu, confesso que não gostei.
  • Entramos no Batistério, realmente é bem bonito por dentro e por fora.








  • Entramos no Camposanto, um cemitério, interessante.






  • Por fim, a fantástica Duomo.








  • Poderíamos ter visitado alguns outros lugares de Pisa, mas preferimos nos concentrar apenas na praça, que nos encantou.
  • Saímos da praça e passamos por um trecho da rua com várias barraquinhas vendendo lembrancinhas da cidade.
Feirinha em frente a Piazza del Miracoli
  • Continuamos para a Estação Rossore a pé. A estação é perto, mas difícil de encontrar a entrada e totalmente deserta (totalmente mesmo, não tinha ninguém pelo caminho). Compramos o ticket para Lucca em uma máquina de autoatendimento e simplesmente não tínhamos a quem perguntar de que lado das linhas o trem passava. Tivemos que apostar em um lado, passar pela passagem subterrânea e correr o risco do trem passar pelo outro lado. Ainda bem que apostamos certo. Acho que deveríamos ter ido para a estação Centrale, com certeza não teria o estresse de achar a estação e de não saber de qual lado pegar o trem. Passado o susto, entramos no trem para Lucca.
Mapa do percurso de Pisa.

Roteiro Lucca:
  • Saímos de Pisa e rapidamente chegamos à simpática estação de Lucca.

  • Lucca é dividida em duas, a cidade murada e a cidade fora dos muros, que é muito maior. O mais interesse é a parte murada, que fica bem próxima da estação (5 minutos a pé).

 
Entrada da cidade murada
 
Entrada da cidade murada
 
Entrada da cidade murada
  • Fomos à Duomo di San Martino, uma igreja muito bonita com um belíssimo santuário em seu interior - " Tempietto del Volto Santo" (O Templo da Sagrada Face) que abriga um belo crucifixo chamado de "Volto Santo" (Sagrada Face), que é um dos tesouros de Lucca.
    Curiosamente, esta e as outras igrejas de Lucca foram as únicas igrejas pagas dentre as dezenas de igreja que visitamos.
    (fotos 1 e 2 Wikipedia)
(1) Catedral di San Martino e
campanário - Duomo de Lucca





(2) Santuário no interior da Duomo - no seu interior está o venerado crucifixo




Interior da Duomo

Crucifixo dentro do Santuário

  • Passamos na porta da Chiesa di San Giovanni, não entramos, e fomos para Praça Napoleone - praça central de Lucca - estava acontecendo uma grande feira de artesanato. Lá estão localizados vários restaurantes e nós escolhemos a Pizzaria Fuori e gostamos muito, principalmente do preço e do calzone. Sobre esta pizzaria, um comentário: realmente é muito difícil um lugar, uma comida ou atração agradar a todos. Verifiquei os comentários no TripAdvisor e observei um grande número de brasileiros considerando excelente e alguns comentários de estrangeiros que não gostaram; minha família e eu gostamos, somos brasileiros.
 
Pizzaria Fuori
 
Pizza
 
Calzone
  • Tiramos algumas fotos da igreja San Michele in Foro (São Miguel no Fórum), mas não chegamos a entrar.




Igreja San Michele in Foro
 
Igreja San Michele in Foro e Campanário
  • Andamos pelas ruas da cidade até a Torre Guinigi. Subimos as escadinhas da torre, 4 € o ingresso. Do topo, tem-se a vista de toda a cidade.
 
Vista da Torre Guinigi
 
Torre Guinigi
 
Escada para subir até o topo da Torre
 
Pequeno Jardim no topo da Torre
 
Vista da Torre Guinigi
 
Vista da Torre Guinigi
  • Passamos pela Piazza Dell'Anfiteatro, que foi construída durante os séculos I e II sobre as fundações de um anfiteatro romano, daí seu formato oval.
Piazza dell'Anfiteatro - foto Wikipedia
  • Acredito que o pouco tempo que passamos em Lucca não tenha sido suficiente para nos integrarmos à cidade, o que trouxe a sensação de que faltou alguma coisa. Talvez seja um local para descansar um pouco - passar a noite, e sentir a cidade - alugar uma bike e dar a volta ao redor da cidade, mas mesmo assim, gostamos.
  • Retornamos à estação e fomos para Florença.
 
Plataforma de embarque da estação de Lucca
 
Estação de Lucca com destino a Firenze (Florença)

Mapa do percurso de Lucca


Nenhum comentário:

Postar um comentário