menu

APARECIDA

 Aparecida, popularmente conhecida como Aparecida do Norte em razão da Estrada de Ferro do Norte, está localizada no Vale do Paraíba Paulista, distante 170 km de São Paulo. Em 2019 sua população era de pouco mais de 36.000 habitantes.

Tudo em Aparecida gira em torno de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil (de quem sou devoto), e, consequentemente, do Santuário Nacional de Aparecida.

O título de Padroeira do Brasil foi-lhe dado em 1930 pelo Papa Pio XI , a pedido do Clero Brasileiro. No dia 31 de maio de 1931, o Presidente  Getúlio Vargas e autoridades religiosas a proclamaram como "Padroeira do Brasil".

Já estive na cidade diversas vezes, aproveitava para passar o dia lá quando estava em Pouso Alegre, distante 160 km dali. Em geral, ia à Basílica apenas para assistir a uma missa e voltava. Em 2019 (estou postando com um atraso de quase dois anos) retornamos à cidade, desta vez para passarmos três dias, fazermos o tour religioso e, claro, para assistirmos à missa. 

É comum as pessoas fazerem uma lista de locais no Brasil que gostariam de conhecer, como praias, parques nacionais, capitais, cidades históricas, mas dificilmente Aparecida entraria na lista, a não ser que a pessoa seja devota de Nossa Senhora Aparecida ou muito católica. Minha sugestão, independente de qualquer coisa, é: inclua Aparecida no seu roteiro, realmente é fantástica! Tudo muito organizado e limpo, com muitas atrações além da Basílica. Em alguns momentos eu comentava: padrão Disney de organização.

Uma boa maneira de se planejar para conhecer o Santuário é dividir as atrações em três partes. É possível fazer tudo sem carro, dependendo do local em que estiver hospedado e se gostar e não tiver problemas para caminhar.

  1. Santuário Nacional
    • Basílica
    • Capelas
      • Capela das Velas
      • Capela do Batismo
      • Capela de São José
      • Capela da Ressurreição
      • Capela do Santíssimo
    • Memorial da Devoção
      • Cinema
      • Museu de Cera
    • Teleférico e Mirante
    • Cúpula e Museu
    • Torre Brasília
      • Museu
      • Mirante
    • Campanário
    • Subsolo da Basílica
      • Sala das Promessas
      • Loja Oficial
      • Livraria Santuário
      • Estúdio da TV Aparecida
      • Mistério do Rosário
    • Monumento à Nossa de Fátima
    • Memorial dos Construtores
    • Presépio
    • Praça de Alimentação
    • Loja das Velas
    • Estacionamento
  2. Cidade do Romeiro
    • Caminho do Rosário
    • Trenzinho - vai até o Porto Itaguaçu
    • Lojas
    • Pedalinho
    • Capela de São Geraldo Majela
    • Passeio de Barco pelo Rio Paraíba - do Porto Itaguaçu até o local onde a imagem de Nossa Senhora foi encontrada.
  3. Passarela da Fé e Basílica Velha

Vou começar a história, como se diz, pelo começo, contando "Como Tudo Começou", e depois vou prosseguir até os dias atuais, em um maravilhoso passeio.

Como Tudo Começou

A sequência dos fatos históricos mais relevantes estão descritos abaixo em ordem cronológica e estão ilustrados com fotos do Museu de Cera do Santuário.

Tudo começou com o primeiro milagre, quando em outubro de 1717, a imagem de Nossa Senhora da Conceição - a Aparecida! foi retirada das águas do Rio Paraíba do Sul pela rede de três pescadores: João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia. Eles estavam pescando no rio já fazia algum tempo, mas nada haviam pescado. Rezaram, então, à Virgem Maria pedindo a ajuda de Deus. Ao lançarem a rede, encontraram primeiro o corpo de uma imagem da Virgem Maria toda suja de lodo. Ao lançarem a rede novamente, "pescaram" a cabeça da imagem. A partir desse momento, a pesca ficou abundante, tanto que logo tiveram que retornar, pois o peso poderia afundar a embarcação. 

Museu de Cera do Santuário - Os três pescadores

A imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida esteve na casa do Pescador Felipe Pedroso desde que foi encontrada em 1717 até 1732. Até então, era apenas uma devoção familiar.

Museu de Cera do Santuário - Casa dos Pescadores

O primeiro religioso a documentar os relatos dos pescadores que encontraram a imagem de Nossa Senhora foi o Padre José Alves Vilella - Vigário da Igreja de Santo Antônio, da cidade de Guaratinguetá.

Por volta de 1732, Padre José Alves, Atanásio Pedroso e mais alguns devotos construíram uma Capelinha de pau a pique no Bairro do Itaguaçu.

Museu de Cera do Santuário - Primeira Capelinha

Padre José Alves também foi responsável pela construção da capela no alto do Morro dos Coqueiros, a Capela da Conceição Aparecida, aberta à visitação pública em 1745. 

Museu de Cera do Santuário - Padre José Alves Vilella e a Capela da Conceição Aparecida

O número de fiéis não parava de aumentar e, em 1834, foi iniciada a construção de uma igreja maior (a chamada Basílica Velha), sendo inaugurada em 1888. 

Em 1894, chegaram os Missionários Redentoristas alemães, que assumiram a administração pastoral do Santuário Nacional.

Museu de Cera do Santuário - Padres Redentoristas José Wendel e Lourenço Gahr

Com o passar do tempo, houve necessidade de um local maior ainda para os romeiros e, em 1955, teve início a construção da Basílica Nova. 

Em 1967, o Papa Paulo VI concedeu a Rosa de Ouro à Nossa Senhora Aparecida em comemoração ao Jubileu dos 250 anos da imagem encontrada no Rio Paraíba do Sul.                  

Jubileu dos 250 anos - Papa Paulo VI

Em 1978, a imagem de Nossa Senhora Aparecida sofreu um atentado, que a quebrou em quase 200 pedaços. A imagem foi restaurada por Maria Helena Chartuni, restauradora do MASP. Antes, já havia passado por outros restauros nos anos de 1946, 1950 e 1965.

Museu de Cera do Santuário 
 Restauradores Maria Helena Chartuni (restauro 1978) e Padre Alfredo Morgado (restauro 1946)

Em 4 de julho de 1980, o Papa João Paulo II rezou aos pés da imagem de Nossa Senhora. Foi a primeira visita de um Pontifice ao Brasil, ocasião em que ele concedeu à nova igreja o título de "Basílica Menor" e a consagrou como o maior Santuário Mariano do mundo.

Museu de Cera do Santuário - Visita do Papa João Paulo II ao Brasil

As atividades religiosas no Santuário Nacional passaram a ser realizadas, em definitivo, a partir do dia 3 de outubro de 1982, quando aconteceu a transladação da Imagem Milagrosa da Basílica Velha para a Basílica Nova.

Em 1984, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) elevou a Basílica à Santuário Nacional.

Em 2017 foi comemorado o Jubileu de 300 anos de Nossa Senhora Aparecida - reportagem G1 de 2017.


Santuário de Nossa Senhora Aparecida - Basílica

É o maior Santuário Mariano do mundo e o segundo maior Templo Católico do mundo, ficando atrás apenas da Basílica de São Pedro, no Vaticano (também publicada no blog).

O projeto, em estilo neoromânico, é do Arquiteto Benedito Calixto de Jesus Neto. Foi construída em forma de cruz grega, com 173 metros de comprimento por 168 metros de largura. Tem quatro naves de 40 metros, que representam os quatro cantos da Terra,  convergindo até o altar central - lugar da celebração. A cúpula tem 70 metros de altura.

Uma das formas de se localizar no Santuário Nacional é pelas Arcadas da Basílica: Norte, Sul, Leste e Oeste.

  • Arcada Norte: onde estão a Capela das Velas, a Torre Brasília (Torre do Relógio onde estão o Museu e o Mirante) e o acesso à Passarela da Fé.
  • Arcada Leste: onde está a Capela de São José.
  • Arcada Sul: onde está a Capela das Confissões e o acesso ao nicho onde está a imagem de Nossa Senhora Aparecida.
  • Arcada Oeste: onde está a Capela do Santíssimo. 

Para os fieis, o principal atrativo da Basílica é a visita à imagem original de Nossa Senhora Aparecida. Mesmo para os não devotos é emocionante ver as manifestações de fé dos que ali se encontram. Para ver a imagem de Nossa Senhora Aparecida é necessário seguir por uma fila. Cada pessoa dispõe de apenas alguns segundos para contemplá-la e fazer sua oração.

Nicho com a Imagem de Nossa Senhora Aparecida no Santuário Nacional

O retábulo onde está o nicho com a imagem tem quase 37 metros de altura e foi inaugurado em agosto de 2011. Ele é decorado com mosaicos de desenhos de peixes em ouro; e a parte interna do nicho é decorada em ouro branco, com desenhos de flores aquáticas. Todo o projeto é do Artista Plástico Cláudio Pastro. Veja imagens 360º.

Retábulo com a Imagem de Nossa Senhora Aparecida

Outro local de grande importância na Basílica é o altar, pois é o espaço da consagração, onde se dá o mistério pascal. Como centro dos quatro cantos da Terra, simboliza também o centro cósmico. O altar é circundado pelos grandes arcos das naves que se ligam ao capitel (parte superior das colunas) e sustentam a grande cúpula dourada. O conjunto de arcos, capitel e cúpula é chamado baldaquino.

Altar Central da Basílica de Nossa Senhora Aparecida

Entre os arcos estão enormes painéis de azulejos com imagens que revelam a manifestação da natureza divina por meio da flora e da fauna brasileiras.

Painéis de azulejos entre os arcos que circundam o altar da Basílica de Nossa Senhora Aparecida

Painel de azulejos

A grandiosidade e a beleza da Basílica encantam a todos de qualquer ângulo que seja observada.






Capelas

Capela do Batismo - Capela das Velas -  Capela do Santíssimo - Capela de São José - Capela da Ressurreição

Não deixe de consultar nos links abaixo de cada Capela o horário em que abrem e fecham. 


Capela do Batismo

Inaugurada em 2010, a Capela do Batismo está localizada na Esplanada João Paulo II (Arcada Sul, voltada para a passarela da Praça de Alimentação, bem na ponta da colunata - onde estão as imagens dos apóstolos). 

Capela do Batismo

No site oficial tem um tour virtual desta Capela, muito bonito, vale a pena conferir. 

Na porta da Capela está a árvore da vida, com a inscrição "O Cristo, novo Adão, abre-nos as Portas do Paraíso".  
O piso forma um sol e com a palavra "Pax", saudação do Ressuscitado. 
A Cúpula simboliza o céu, que faz o batizado ser luz do mundo. No barrado está a procissão de cordeiros.
No Centro do batistério, em mármore branco, está a fonte batismal. 
No meio, uma cruz e, abaixo de uma pomba, a figura do Cristo, que corresponde ao batizado. Na frente, a frase "Tu és meu filho, eu hoje te gerei", referente ao batismo de Jesus.

Capela das Velas

Um dos lugares mais visitados do Santuário é a Capela das Velas, localizada na Arcada Norte, próxima ao acesso à Passarela da Fé.

Capela das Velas

Ela foi construída na década de 70 e passou por reformas em 2004, quando recebeu uma cruz, obra do artista sacro Cláudio Pastro, ocasião em que recebeu também um filtro para absorver a poluição causada pela queima da parafina - há exaustores instalados no local. 

Capela do Santíssimo

A Capela do Santíssimo nos remete ao Mistério Eucarístico. Está localizada na Arcada Oeste, com acesso pelo interior da Basílica.

Logo na entrada, a frase "Panis Algelorum Cibus Viatorum", que significa "Pão dos anjos, alimento dos viajantes", faz alusão a Jesus presente em espécie no pão e no vinho. 

Capela do Santíssimo

Em seu interior destacam-se: a cúpula revestida de pastilhas de porcelana banhadas a ouro; o retábulo composto por cinco mosaicos italianos, presentes de São João Paulo II em sua primeira visita ao Brasil, em 1980, com a representação dos quatro evangelistas –Mateus, Marcos, Lucas e João – e ao centro, o Cordeiro Pascal; duas esculturas, uma representando o Lava Pés e outra o Caminho de Emaús, ambas do artista Adélio Sarro.

No site oficial tem um tour virtual desta Capela, muito bonito, vale a pena conferir. 

Capela do Santíssimo

Capela de São José

Em dias de menor movimento as missas são celebradas na Capela de São José, localizada na Arcada Leste, com acesso pelo interior da Basílica.

O portão em ferro batido, representa a entrada do jardim, com lírios em ouro e a frase "Dominus Domum Joseph Concredidit" (O Senhor confiou a José a Sua casa).

Capela de São José

Tudo no interior da Capela tem um significado: a Cúpula em tons de ouro simboliza a luz; o piso com desenho de lírios que se abrem  simbolizam a pureza e a sabedoria do pai adotivo de Jesus; e o corredor com  as estrelas de Davi relembram a descendência de José. 

O painel central, atrás do altar, é obra do artista sacro Cláudio Pastro, e representa o sonho bíblico de São José:  "José, filho de Davi, não tenhas medo de acolher Maria como tua esposa, pois o que ela concebeu é obra do Espírito Santo...". No painel, José está deitado à sombra de uma tamareira plantada junto às águas com seu cajado, que simboliza sua justiça.

No site oficial tem um tour virtual desta Capela, muito bonito, vale a pena conferir. 

Capela de São José



Inaugurada em 2007, a Capela da Ressurreição está localizada na Esplanada João Paulo II (Arcada Sul, voltada para a passarela da Praça de Alimentação, na extremidade da colunata, onde estão as imagens dos apóstolos, do lado oposto à Capela do Batismo).

Capela da Ressurreição

Capela da Ressurreição

A Capela abriga os restos mortais dos Bispos e Arcebispos de Aparecida: Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, Dom Antônio Ferreira de Macedo, Dom Geraldo Maria de Moraes Penido e Dom Aloísio Lorscheider; além do Memorial dos Devotos - um memorial virtual.

No site oficial tem um tour virtual desta Capela, muito bonito, vale a pena conferir. 

Capela da Ressurreição


Está localizada na Esplanada João Paulo II, de frente para a Arcada Sul, onde tem o grande arco com a imagem dos Apóstolos no topo.

Foi inaugurada oficialmente em 3 de outubro de 2008, passando a se chamar Tribuna Papa Bento XVI em homenagem ao Sumo Pontífice, que esteve em Aparecida em maio de 2007.

A Tribuna é utilizada para realização de missas campais e grandes concentrações de romarias. Há um camarim no subsolo da Basílica, próximo à Sacristia.

Tribuna Sul

Campanário

Campanário significa torre sineira, onde ficam os sinos (campanas). O do Santuário foi projetado por Oscar Niemeyer (um de seus últimos projetos) e inaugurado na noite do Natal de 2016. 

Tem 37,5 metros de altura e 13 sinos de bronze, fabricados na Holanda. O projeto dos sinos é de Cláudio Pastro, artista com outras obras no Santuário. 

Cada um dos sinos é em homenagem a um dos 12 apóstolos de Jesus e o 13º é dedicado à Virgem Maria e São José, sendo o maior deles, pesando 2,5 toneladas. 

Campanário

Os sinos podem ser tocados de duas formas: de modo convencional e manualmente; e eletronicamente, utilizando-se uma tecnologia que permite que as badaladas dos sinos sejam controladas por um teclado, produzindo melodias musicais. Esse é o primeiro campanário no país a usar esse sistema, o mesmo usado na Catedral de Notre Dame, em Paris, na França. 

Ao lado do Campanário tem uma pequena praça onde os visitantes aguardam o horário para ver e ouvir os sinos tocarem. Eles tocam todos os dias às 12 e às 18 horas. Vale a pena apreciar.

Praça em frente ao Campanário

Assista o vídeo do Padre Camilo, do site oficial A12, apresentando o Campanário.


Cúpula

Cúpula vista do Altar

Literalmente o ponto alto da visita à Basílica. Oportunidade para apreciar a beleza da arquitetura, os mosaicos cerâmicos nas colunas do baldaquino, o maravilhoso altar e para conhecer os aspectos históricos e artísticos da construção. Além disso, é possível assistir a vários vídeos e ler os quadros com as explicações de cada obra. 
Eu fiz contato com o museu com o objetivo de postar aqui os vídeos ou os links, mas disseram que não estão disponíveis para este fim.

Altar visto da Cúpula

A construção da Cúpula foi iniciada em 1965 e finalizada em 1971. Ela tem 34 metros de diâmetro. Em 2007 sua parte externa recebeu chapas de cobre fixadas em tubos metálicos. A visitação à Cúpula começou em 2017, ano do Jubileu dos 300 anos - data em os pescadores encontraram a imagem. O acesso é por elevador e pago.

Área de visita à Cúpula da Basílica

Memorial da Devoção Nossa Senhora Aparecida

O Memorial foi inaugurado em março de 2016 e está localizado próximo à Praça de Alimentação e ao Centro de Apoio ao Romeiros. Seus atrativos são: Museu de Cera, Cine Aparecida, Cantinho dos Devotos Mirins, Sala de Exposições e  Loja de Artigos Religiosos.

Memorial da Devoção

Todas as atrações unem arte e efeitos multimídia e são sobre a história de Nossa Senhora Aparecida, desde quando a imagem foi encontrada nas águas do Rio Paraíba pelos pescadores até os fatos mais recentes, como a construção da Basílica Nacional.

Para consultar preços e comprar os ingressos on line, clique aqui.


Museu de Cera

O Museu de Cera é bem realista e o trabalho dos artistas pode ser apreciado nas peças e na cenografia, que são de ótima qualidade. A história da devoção à Nossa Senhora Aparecida e do Santuário é contada em 20 cenários com 60 estátuas de personagens reais em tamanho natural. 

Logo no início do Museu de Cera tem um grande cenário retratando o momento em que a imagem foi retirada da rede pelos pescadores. Neste ponto é possível tirar uma foto com os pescadores na pequena canoa (a foto é paga). 


Cenários do Museu: 

  • Os pecadores
  • Padre José Alves Vilella e a Primeira Capela
  • Dom Pedro I e Dom Pedro II e sua Esposa Dona Tereza Cristina
  • Princesa Isabel e seu Esposo Conde D'Eu
  • Missionários Redentoristas
  • Santa Madre Paulina
  • Coroação de Nossa Senhora - Papa Pio X
  • Título de Padroeira do Brasil - Papa Pio XI e Getúlio Vargas
  • Construção da Basílica Nacional - Cláudio Pastro, Juscelino Kubitschek, Benedito Calixto de Jesus Neto
  • Papa Paulo VI concede a Rosa de Ouro à Nossa Senhora Aparecida
  • Quebra e Restauro da Imagem - Maria Helena Chartuni, Padre Alfredo Morgado
  • Inauguração da Rádio Aparecida
  • Visita de João Paulo II
  • Sala das Promessas
  • Visita do Papa Bento XVI
  • Os Bispos de Aparecida
  • Frei Galvão, Frei Damião e Santa Tereza de Calcutá
  • Devotos: Renato Aragão, cantor Daniel, Marcos Pontes (astronauta), Ronaldo Nazário, Tonho Prado e Kléber Oliveira
  • Primeira Capela
  • Os milagres: da Pesca Milagrosa, das Velas, da Menina Cega, do Cavalheiro e a Marca da Ferradura e do Escravo. 

Cinema 4 D


Bilheteria do Cine Aparecida e do Museu de Cera

O cinema é de última geração, tem dez projetores a laser de alta definição, que exibem imagens simultâneas em cinco telas especiais - o sistema cria efeitos holográficos em 3D, sem a necessidade do uso dos óculos. A sala tem capacidade para 150 pessoas.

O filme exibido é um curta metragem de 15 minutos retratando a história de Nossa Senhora Aparecida. Para quem gosta de cinema com pipoca, há máquinas na entrada. Como vê, pensaram até na pipoca!



Loja de Artigos Religiosos - Memorial da Devoção



Torre Brasília - Mirante e Museu


Entrada da Torre Brasília - Museu e Mirante

A Torre Brasília abriga o Museu Aparecida, o Mirante e grande parte da Administração do Santuário. Está localizada entre a Arcada Norte e a Oeste. Quando for comprar o ingresso, observe que há a opção de compra combinada com a Cúpula.

A Torre foi inaugurada em 11 de janeiro de 1961, pelo então  Presidente Juscelino KubitschekO projeto é do arquiteto Benedito Calixto de Jesus Neto e a construção esteve sob a orientação de engenheiros americanos.

No ano de 2007, a Torre ganhou um relógio de quatro toneladas,  construído em Madrid - Espanha, com patrocínio de empresas europeias e da Relojoaria Cândido Valverde. Cada ponteiro do relógio mede 5,3 metros e pesa 190 kg, enquanto os que marcam os minutos têm 7,4 metros e pesam 248 kg. A iluminação do relógio é feita com 12 mil leds, dispostos em 400 metros de tiras instaladas nos ponteiros e nos numerais.

Torre Brasília (ao fundo) - Torre do Relógio

Museu Aparecida foi inaugurado em 1956 e transferido para a Torre Brasília em 1967. Não é permitido fotografar no Museu, mas neste link é possível fazer um passeio virtual por ele.

O espaço conta com exposições permanentes e temporárias sobre diversas temáticas, tendo como pano de fundo a história da devoção à Nossa Senhora Aparecida.

Museu Aparecida

O Mirante está a 109 metros de altura (16 andares), o que proporciona uma bela vista de 360º - vale a pena conferir.

Vista do Mirante da Torre Brasília

Vista da Passarela da Fé do Mirante da Torre Brasília

Vista do Mirante da Torre Brasília

Vista da Praça de Alimentação - Estacionamento - Memorial da Devoção e Arena
do Mirante da Torre Brasília


Praça de Alimentação

A Praça de Alimentação faz parte do complexo do Santuário e pode ser acessada por uma grande passarela coberta, onde se encontram também os sanitários masculino e feminino.  A passarela também é o caminho para o Memorial da Devoção (Museu de Cera, Cine 4D, outros).

Passarela que liga a Basílica à Praça de Alimentação e ao Memorial da Devoção

A Praça é bem grande e tem várias opções, incluindo lanchonetes e restaurantes bem conhecidos.

Praça de Alimentação


Subsolo da Basílica Nova - mais atrações

Uma das atrações mais visitadas do Santuário encontra-se no subsolo da Basílica, podendo até passar despercebida - A Sala dos Milagres ou Sala das Promessas; além da Livraria  Santuário, da Loja Oficial (é possível comprar online no site), Casa do Pão,  Estúdio da TV Aparecida, Vitrine com o Mistério do Rosário, Sanitários e até área para carregar o celular.

TV Aparecida

Livraria Santuário

Loja Oficial

Sala dos Milagres ou Sala das Promessas

Localizada no subsolo da Basílica desde 1974, a Sala dos Milagres ou Sala das Promessas é o local onde os devotos deixam objetos, fotos, cartas e testemunhos de fé, como formas de homenagear e demonstrar a devoção à Nossa Senhora Aparecida. 

É o segundo lugar mais visitado do Santuário. Na Sala, há cerca de 70 mil fotografias em exposição.

No site oficial tem um tour virtual desta Sala, confira. 

Sala das Promessas / Milagres

Sala das Promessas / Milagres

Monumento à Nossa Senhora de Fátima

Em 2014, a imagem de Nossa Senhora de Fátima foi trazida em procissão pela Passarela da Fé, da Basílica Velha até o Santuário Nacional.

Homenagem à Nossa Senhora de Fátima

Já o Monumento foi inaugurado em 2017, quando das comemorações do Jubileu de 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida pelos pescadores e dos 100 anos da Aparição de Nossa Senhora de Fátima aos pastorinhos, em Fátima - Portugal. 



O Memorial dos Construtores é um obelisco de 12 metros de altura no total, cujo topo ostenta uma imagem de de 2,5 metros de Nossa Senhora da Assunção, em virtude do Ano Santo de 1950. 
A escultura é do artista siciliano Francisco Bussacca e foi confeccionada em bronze. Está localizado na rampa de acesso ao Santuário.

A obra destaca 2.356 nomes, escritos em 96 placas de bronze, em homenagem aos construtores e devotos que colaboraram na edificação da Basílica Nova. Sua inauguração fez parte das comemorações do Jubileu de 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora no Rio Paraíba do Sul, em novembro de 2016. 

Memorial dos Construtores



Trata-se de uma atração gratuita e se não observar bem pode até passar desapercebida. O acesso é pelo estacionamento do Santuário Nacional. 

O Morro do Presépio foi inaugurado em 2006 com mais de 70 esculturas, todas em tamanho natural e feitas em cimento. Elas representam o nascimento de Jesus e o encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul, tudo ornamentado com grutas, cascatas, lago e mirante. 

A idealização e concepção do projeto do Morro do Presépio é do Padre Ronoaldo Pelaquim, e as peças são de Alexandre Moraes.

No site oficial tem um tour virtual do Morro do Presépio, muito bonito, vale a pena conferir.


Teleférico e Mirante

O ponto de embarque do teleférico é na Estação Santuário, dentro do próprio Santuário. Ele vai até a Estação Cruzeiro, no morro de mesmo nome. O desnível entre as estações é de 115 metros.

Chegando na Estação Cruzeiro

O empreendimento é um projeto particular da BONTUR, inaugurado em 2014.

Embarque e desembarque do teleférico

O teleférico tem uma extensão de 1170 metros, contando com 47 cabines que levam até 6 pessoas cada uma. 

Há várias opções de ingressos à venda: apenas ida; apenas volta; ida e volta; e a última opção que inclui a ida e a volta, mais a subida ao mirante. Compra de ingressos no site da Bontur.

Na parte de cima do Mirante, que está a 30 metros de altura, há uma cruz com 23 metros de altura e 25 toneladas em aço. Ela representa  os 500 anos das missões de evangelização no Brasil.

Mirante do Teleférico

A vista do Morro do Cruzeiro, onde está o Mirante, mostra a grandiosidade do Santuário - é um passeio imperdível.

Vista do Santuário.

Lá em cima, além da vista, pode-se tomar um café na Lanchonete do Mirante.

Lanchonete do Mirante

Passarela da Fé

A Passarela da Fé liga a Basílica Velha (Morro dos Coqueiros) ao Santuário Nacional (Morro das Pitas), tem 392 metros de comprimento e altura variando entre 18 e 35 metros. Ela foi inaugurada em dezembro de 1971.

Passarela que liga a Basílica Nova à Basílica Velha



Uma das vistas mais bonitas da Basílica Nova (Santuário Nacional) é a da passarela (vista da Arcada Norte, onde está a Torre Brasília).

Vale a pena fazer o trajeto a pé pela Passarela da Fé para visitar a Basílica Velha, ao invés de ir de  carro.

Vista da Basílica estando na Passarela da Fé

Curiosidades: a primeira procissão com a imagem de Nossa Senhora Aparecida pela Passarela foi realizada no dia 1º de janeiro de 1972. O formato sinuoso em "S" da Passarela é também uma homenagem à Nossa Senhora Aparecida.


Basílica Velha

Basílica Velha

A igreja, em estilo barroco, foi inaugurada em junho de 1888. Em 1893, a Basílica recebeu o título de Episcopal Santuário de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Em 1909, o Arcebispo Dom Duarte Leopoldo e Silva, celebrou a sagração solene do título de Basílica Menor à Basílica Velha. A honraria foi concedida pelo Papa Pio X, em 29 de abril de 1908. 

No site oficial do Santuário tem muitas curiosidades sobre a primeira Basílica (Basílica Velha) e um tour virtual, vale a pena conferir. 






Cidade do Romeiro

"Às margens do Rio Paraíba do Sul, onde a saga de Aparecida começou, nasce a Cidade dos Romeiros ...".

O projeto une oração, natureza e arte em um só local. É uma oportunidade de conhecer a região do Porto Itaguaçu, onde toda a história começou. Pode pegar o Trem do Devoto ou ir a pé pelo Caminho do Rosário.

Cidade do Romeiro - Vista do Hotel SanDiego

A Cidade do Romeiro está localizada bem perto do Santuário, a cerca de 1 km, que pode ser percorrido a pé. É só dirigir-se à passarela que passa sobre a Avenida Itaguaçu e logo estará no estacionamento do Santuário. A área dispõe de uma boa infraestrutura, como estacionamento, sanitários, restaurantes, área verde e até hotel. A entrada é gratuita. 

Logo na entrada tem algumas lojas de artigos religiosos, um café e uma pizzaria. Em seguida, uma pequena fonte com um obelisco, onde há placas alusivas aos Construtores, aos Pastores, aos Papas e aos Milagres relacionados à história de Nossa Senhora Aparecida.

Lojas da Cidade do Romeiro

Fonte e Obelisco

Dentro do complexo tem um lago com pedalinhos e as imagens dos devotos mirins em sua margem, além do Trem do Devoto, inaugurado em 2019 (uma semana antes da nossa visita). Fomos um dos primeiros a disfrutar deste passeio, que vai até a região do Porto de Itaguaçu. Tanto o pedalinho quanto o trenzinho são pagos.

O Hotel Rainha do Brasil, que está ao lado, também faz parte de toda esta estrutura e conta com uma área verde muito bem cuidada, além de restaurantes que podem ser utilizados pelos visitantes. Veja esta reportagem de 2020.


Lago na Cidade do Romeiro

Para ir até o Porto Itaguaçu pode-se fazer o trajeto de trenzinho (ida e volta, ou apenas um trecho) ou a pé pelo Caminho do Rosário, que é simplesmente fantástico. Do trenzinho é possível observar o Caminho do Rosário, que é paralelo. Acho que a melhor opção é ir de trenzinho e voltar a pé pelo Caminho do Rosário.



Estação para pegar o trenzinho



Inaugurado em 2018, o Caminho do Rosário está entre o Rio Paraíba do Sul e os trilhos do Trem do Devoto (o Trem sai da Estação Cidade e vai até a Estação do Porto Itaguaçu).

Caminho do Rosário

O Caminho, é calçado de bloquete, muito bem construído, tem aproximadamente 1,5 km; 22 pontos com bancos para descanso; cerca de 90 espécies de plantas que remetem às histórias bíblicas, como acácias, ipês, jacarandás, manacás, oliveiras, tamareiras, romãs; 20 cenários e  128 esculturas dos artistas paraguaios Blas Servín e Angela Servín, apresentando os quatro Mistérios do Rosário (Gozosos, Dolorosos, Gloriosos, Luminosos). As esculturas retratam o Novo Testamento, desde a anunciação do anjo à Virgem Maria até a morte de Jesus Cristo, passando por seu nascimento e os acontecimentos da sua vida.

Caminho do Rosário

O Caminho do Rosário é preparado para a oração e contemplação, a fim de levar o devoto a refletir sobre a importância da Mãe de Deus e a vida de Jesus.

Caminho do Rosário

Nós não fizemos o caminho por falta de tempo, mas com certeza voltarei para percorrer este museu a céu aberto.

Não se esqueça de levar repelente, protetor solar e uma garrafinha com água. 



Mais um local muito bonito, começando pela estação do Porto. Saindo da estação, à esquerda, passando por um rua bem estreita, com algumas lojinhas de souvenir, está a Igrejinha dSão Geraldo Majela, construída em 1926 e que compõe o conjunto arquitetônico do Porto Itaguaçu - neste local havia sido construído o primeiro oratório à Nossa Senhora Aparecida.

Capela de São Geraldo Majela

No sentido contrário, seguindo por uma bonita alameda está o Porto, é possível fazer um passeio de barco até o local onde a imagem de Nossa Senhora foi encontrada (nós não fizemos este passeio).

Além do Porto e da Igrejinha a região toda é muito bonita e bem cuidada.

Alameda que liga a Estação de Trem ao Porto

Ao lado da Alameda da foto acima, tem a Capela Nossa Senhora Aparecida, em estilo moderno, onde são celebradas as missas para os Romeiros. Ao lado da Capela está o monumento conhecido como 'Os Três Pescadores', obra do artista Chico Santeiro.

Capela Nossa Senhora Aparecida


Capela Nossa Senhora Aparecida

Já na margem do Rio Paraíba do Sul tem o Altar das Velas, o Monumento da Cruz e a bilheteria do passeio de barco.

Porto Itaguaçu - Passeio de Barco

Porto Itaguaçu - Monumento da Cruz

Porto Itaguaçu - Altar das Velas


Hospedagem

Aparecida tem várias opções de hospedagem, para todos os gostos e bolsos, muitas próximas do Santuário. Ficamos na dúvida entre o Hotel Rainha do Brasil (de propriedade do Santuário) e o Hotel San Diego Express ao lado.

Optamos pelo San Diego por oferecer tudo o que queríamos com melhor custo/benefício: localização, conforto, serviços e preço bom. O Hotel dispõe de restaurante. 

Escrevendo agora no Blog, identifiquei que o Hotel está fechado para reformas. Ele foi comprado pelo Santuário e vai se chamar Rainha dos Apóstolos. Tem previsão de inauguração em agosto de 2021. O telefone para mais informações é o (12) 3311-1980.

O Hotel Rainha do Brasil é superior e consequentemente mais caro. Seus jardins são muito bonitos e o restaurante muito bom - almoçamos lá um dia. 

Todos os dois hotéis estão bem próximos do Santuário e ao lado da Cidade do Romeiro. Se preferir ir a pé para o Santuário, dirija-se à passarela que passa sobre a Avenida Itaguaçu e sairá no estacionamento do Santuário - veja no mapa. É uma caminhada de 1,5 km - 20 minutos. 


Hotel San Diego

Restaurantes

A cidade oferece várias opções, porém, fizemos as refeições em apenas três locais: na Praça de Alimentação do Santuário, no Hotel Rainha do Brasil - excelente buffet, e no hotel San Diego - onde estávamos hospedados. 


Estacionamento no Santuário

É um estacionamento enorme,  pago, com entrada pela Avenida Itaguaçu.

Estacionamento do Santuário

Parte do Estacionamento

O Complexo do Santuário é bem completo, tem tudo para tornar sua visita muito agradável. Para percorrê-lo com calma e curtir cada atração, além de assistir a uma missa, recomendo ficar três dias em Aparecida.

Além do que descrevi, o Santuário conta ainda com um Aquário, o Monumento do Tricentenário e a Capela das Confissões, no subsolo. E também com um grande Centro de Eventos, um Centro de Apoio ao Romeiro, telefone público, sala de motoristas, sala de imprensa, sala de segurança, posto médico, sanitários espalhados por todo o complexo, loja de velas, dentre outros atrativos.

Para  conhecer os artistas e suas obras que compõem todo o complexo do Santuário, clique aqui.

Uma das obras sociais mantidas pelo Santuário é o Lar Nossa Senhora Aparecida, iniciada como um asilo por Santa Madre Paulina em 1923.

Todas as fotos publicadas são do Blog Brasília na Trilha. Muitas informações dos atrativos foram tiradas do site oficial A12.


Nenhum comentário:

Postar um comentário