menu

PARQUE DAS NAÇÕES

Dia 12 de novembro de 2018, segunda-feira, décimo segundo dia de passeio, continuação da nossa programação em Lisboa. O dia de hoje tinha um detalhe diferente, era meu aniversário. O local escolhido para começar as celebrações foi o Parque das Nações. Fomos para lá de metrô pela Linha Vermelha e descemos na Estação Oriente. 
À noite fomos ao Bairro Saldanha apenas para conhecer uma hamburgueria. 

Parque das Nações

É um bairro moderno, portanto, bem diferente dos demais bairros de Lisboa, e por este motivo deve colocá-lo em seu roteiro.

No dia anterior tinha chovido muito forte e por muito tempo em Lisboa. Quando chegamos ao Parque das Nações havia uma intensa neblina. Devagarinho o sol foi aparecendo e o dia ficou maravilhoso, você poderá observar pelas fotos.

As atrações estão praticamente todas às margens do Rio Tejo. Nesta região o rio é bastante largo. Aqui podemos conhecer a Estação Oriente, o Shopping Vasco da Gama, o Oceanário, o Passeio de Neptuno, a Marina, a Telecabine (nosso teleférico), o Teatro Camões, o Pavilhão do Conhecimento, o Pavilhão da Feira Internacional, a Arena Altice, a Torre Vasco da Gama, admirar a Ponte Vasco da Gama, caminhar pelo calçadão e pelos jardins e muito mais. Se quiser passear com calma curtindo cada pedacinho da região, pode separar o dia todo. Com certeza o passeio fica mais bonito em um dia de céu azul.

Estação Gare do Oriente

A admiração já começa na Estação Oriente. É uma estação de trem, metrô e ônibus, moderna e bonita, tanto por dentro, com seus diversos painéis, quanto pela estrutura metálica de fora.

Esta é uma das mais importantes estações de Lisboa. Foi inaugura em 19 de maio de 1998 para servir à EXPO 98 e depois à Região do Parque das Nações. Foi projetada pelo arquiteto espanhol  Santiago Calatrava (pesquisando as obras deste arquiteto me surpreendi com seus projetos, inclusive alguns no Brasil, como o Museu do Amanhã no Rio de Janeiro).











A saída da Estação é em frente ao Shopping Vasco da Gama.

Shopping Vasco da Gama

Nossa intenção era almoçar mais tarde no Shopping, então, apenas o atravessamos por dentro em direção ao Rio Tejo, onde estão as principais atrações da região. Nós já conhecíamos, mas meus pais que estavam conosco não. É menor que o Shopping Colombo, onde estivemos no dia anterior, mas tem uma bela arquitetura. Estava todo enfeitado para o natal, o que o deixou ainda mais bonito.  Após passear pela região, almoçamos e passeamos um pouco pelo shopping antes de voltarmos à Estação Oriente para pegar o metrô para casa.


 
Entrada voltada para Estação Gare do Oriente
 
Entrada virada para o Rio Tejo





O Shopping, inaugurado em 21 de abril de 1999, tem uma ótima praça de alimentação com 33 opções de restaurantes, mais de 140 lojas, amplo estacionamento coberto e seis salas de cinema. O horário de funcionamento é bem estendido, vai até a meia-noite.

Logo na saída do shopping tem uma estátua em aço, obra de Jorge Vieira de1998, Homem Sol. 


Estátua Homem-Sol vista da varanda do Shopping Vasco da Gama- Rossio dos Olivais ao fundo

Em seguida, há uma esplanada chamada Rossio dos Olivais, que é o centro do Parque da Nações. Trata-se de um caminho de pedras portuguesas ladeado por um espelho d'água, pelas bandeiras das nações que participaram da EXPO'98 e por choupos*, que conduz à margem do Tejo. 
*Choupos - árvores típicas das florestas de regiões mais temperadas.  

Rossio dos Olivais no início da manhã com neblina


Rossio dos Olivais no fim da manhã com sol

Já próximo ao Tejo, à direita, margeando a Doca dos Olivais por uma passarela sobre o rio, contemplamos a paisagem e logo chegamos ao Oceanário. Se preferir pode, logo ao sair do shopping, virar à direita, seguir pela Avenida do Casino e do Pavilhão de Portugal e, na altura do Pavilhão do Conhecimento, virar à esquerda.

Oceanário


O Oceanário está localizado em um cais cercado de água por todos os lados, com uma área total de vinte mil metros quadrados e cerca de 7.500.000 litros de água, divididos por mais de 30 aquários e oito mil organismos, entre animais e plantas, de quinhentas espécies diferentes. É o segundo maior Oceanário da Península Ibérica e em 2017 foi considerado o o melhor do mundo pelo Tripadvisor.

Foi projetado para a EXPO' 98 pelo Arquiteto norte-americano Peter Chermayeff. Em 2011 foi ampliado para abrigar as exposições temporárias, com a edificação chamada "Edifício do Mar", projetado pelo Arquiteto Pedro Campos Costa.


Oceanário de Lisboa.

No Parque das Nações o que mais me encanta é o visual, mas se for escolher uma atração para visitar, com certeza é o Oceanário - clique aqui para consultar horários e preço e aqui para visita guiada. Clique em exposição permanentetemporária  para conhecer esta maravilha (os ingressos são comprados para as duas exposições ou apenas para a permanente).  Desta vez apenas meus pais entraram para conhecer, pois nós já conhecíamos. Enquanto eles visitavam fomos caminhar e apreciar a região.


Mesmo que não visite o Oceanário é possível entrar na loja para comprar alguma lembrança ou apenas para fazer um lanche.






Telecabine Lisboa

Mais conhecido como teleférico por nós brasileiros. Tem dois locais de embarque/desembarque ambos na margem do Tejo: um deles atrás do Oceanário e o outro bem mais à frente, ao lado da Torre Vasco da Gama, atualmente Myriad Hotel.

Telecabine Sul - atrás do Oceanário

Telecabine Norte 

O bilhete pode ser adquirido para um trecho ou ida e volta. Eu prefiro pegar um trecho apenas e ir ou voltar a pé. O visual é muito bonito, especialmente em dia de céu claro. 
Desta vez o teleférico estava em manutenção, uma pena. Quando fomos em outra ocasião contemplamos o final de tarde.

Pavilhão do Conhecimento

Inaugurado durante a Expo'98, o pavilhão foi denominado "Pavilhão do Conhecimento dos Mares", e o conteúdo mostrava a relação do Homem com os Oceanos ao longo dos tempos. 

Com o fim da EXPO'98, o espaço foi remodelado como Pavilhão do Conhecimento e aberto ao público em julho de 1999. É um espaço interativo dedicado à ciência e à tecnologia. Aqui há várias exposições de carácter lúdico, com o objetivo de desmistificar a ciência e torná-la acessível a todos. Recebe em média 850 visitantes por dia. 

Está localizado bem próximo do Oceanário. Nós não entramos, apenas fotografamos o prédio. Clique em horário e preço para informações.










Cassino de Lisboa

É o maior  Casino de Lisboa e foi inaugurado em 2006. Tem diversos bares, três restaurantes, distribuídos pelos três andares do Casino e um auditório com apresentação de espetáculos que vão do teatro à dança, da ópera ao rock. Não visitamos. Está localizado bem próximo do Shopping Vasco da Gama. Consulte as condições de acesso. A Galeria de Arte é de livre acesso.

Arena Altice

Antigo Pavilhão Atlântico, é o maior pavilhão de espetáculos de Portugal, com capacidade para 20 mil pessoas. O pavilhão acolhe mais de 100 espetáculos por ano, incluindo concertos, eventos privados e exposições. Quando visitar Lisboa consulte a programação, pois pode ter algum espetáculo interessante.



Feira Internacional de Lisboa

É um espaço dedicado a eventos, feiras e exposições de grande dimensão e é composto por quatro pavilhões, cada um com mais de 10.000 m².






No final do dia voltamos de metrô para o apartamento (Airbnb) em Laranjeiras. De noite fomos na Hamburgueria artesanal Honorato, em Saldanha. Uma ótima opção.




Nenhum comentário:

Postar um comentário