menu

TAX FREE

A Europa não é o paraíso das compras, como os outlets americanos, mas uma coisa ou outra a gente acaba comprando. Então vou dar uma dica que muitos já sabem, mas às vezes esquecem - TAX FREE.

Fizemos três pequenas compras: uma na sensacional loja da Decathlon, outra no lindo Outlet FreePort e outra em uma loja de calçados na Praça do Rossio. 

Nestas três localidades fizemos uso do Tax Free. Cito essas lojas apenas como exemplo, acredito que a maioria ofereça. Basta na hora de pagar informar-se se tem direito o Tax Free - um dos requisitos é a compra ser acima de 61,50 Euros (novembro de 2018).

O detalhe importantíssimo é estar com o passporte de quem vai embarcar com os produtos comprados. A loja emite um formulário, você assina e fica com uma via junto com a nota fiscal.

Tax Free é a devolução do imposto chamado IVA (imposto sobre valor agregado). Não sou especialista em impostos e não sei se este imposto varia de produto para produto (se tem alíquotas diferentes), o que sei é que recebemos mais de 10% do valor da compra de volta.

No caso das compras feitas no Outlet Freeport a devolução do imposto é feita lá mesmo, em uma Casa de Câmbio, logo na entrada. Ainda assim é preciso apresentar a nota fiscal no serviço alfandegário no aeroporto no dia do embarque.

Mas nem tudo são flores, o processo é um pouco trabalhoso.

Para facilitar sua vida coloque todos os produtos comprados em uma única mala. Check in feito, já no aeroporto, imprima a etiqueta de despacho da mala, mas não a despache. Consulte na sua empresa aérea, no nosso caso foi a TAP, onde identificar a bagagem que está com os produtos que serão isentos de impostos. No balcão o atendente fará o registro do código da mala no sistema.

Siga para os terminais de Tax Free. Estão localizados na área de check in, próximos ao guichê 114 (Aeroporto de Lisboa). Lá uma funcionária o atenderá e passará no scanner seu passaporte e a nota da compra com o formulário de Tax Free que a loja preencheu. Se acender a luz verde, estará livre para despachar a mala. Se acender a luz vermelha, deverá dirigir-se ao balcão da alfândega, onde as autoridades irão conferir suas compras. Luz verde para nós, ufa!

Você acha que acabou? Ainda não, mas pode despachar a mala, ou se a compra estiver na bagagem de mão siga para o embarque. Depois de passar pelo RX e pela Imigração encontrará uma loja da Global Blue, onde receberá seu dinheiro. Não sei o motivo, mas alguns reembolsos são pagos em outra loja de câmbio próxima ao Starbucks - pouco à frente da Global Blue. No caso do Outlet que lhe pagou antes, tem um detalhe importante, caso você não faça o processo no aeroporto o dinheiro que você recebeu será debitado do seu cartão de crédito. Clique aqui para acessar o site da Global Blue onde tem mais informações do uso do regime Tax Free.

Nenhum comentário:

Postar um comentário